Conheça seu Corpo

[box type=”alert” style=”rounded” border=”full” icon=”http://redefemininaccblu.com.br/wp-content/uploads/2012/09/ico_rfcc_36x23.png”]    O que é câncer de mama?[/box]

Câncer é o crescimento desordenado das células de um órgão do corpo. Quando estas células doentes entram na circulação sanguínea vão formar novos focos na doença. É o que se chama metástase. No caso da mama, estas células formarão o câncer de mama. Nesse caso a doença geralmente se localiza nos dutos mamários.

[box type=”alert” style=”rounded” border=”full” icon=”http://redefemininaccblu.com.br/wp-content/uploads/2012/09/ico_rfcc_36x23.png”]    Como a mulher pode descobrir a doença?[/box]

Através do auto-exame ou pelo exame das mamas por um profissional de saúde. Podem ser encontradas alterações do tipo: caroços, alterações da pele da mama, saída de líquido pelo mamilo ou pequenas ínguas embaixo do braço. Também podem ser encontradas suspeitas através de exames (mamografia ou ultrassonografia).

[box type=”alert” style=”rounded” border=”full” icon=”http://redefemininaccblu.com.br/wp-content/uploads/2012/09/ico_rfcc_36x23.png”]    O que é exame clínico de mamas?[/box]

É o exame das mamas realizado por médico ou enfermeiro treinado para esta atividade. Este exame precisa ser realizado tidos os anos pelo menos a partir dos 40 anos.

Atenção: Mesmo fazendo o auto-exame, toda mulher precisa realizar o exame clínico das mamas! Procure um profissional na Unidade de saúde mais próxima de sua casa.

[box type=”alert” style=”rounded” border=”full” icon=”http://redefemininaccblu.com.br/wp-content/uploads/2012/09/ico_rfcc_36x23.png”]    O que é mamografia?[/box]

É o raio X das mamas que identifica nódulos muito pequenos, até aqueles não percebidos no auto-exame ou no exame clínico de mamas. A mamografia deve ser realizada por todas as mulheres, a partir dos 50 anos de idade. Algumas mulheres têm risco aumentado de desenvolver câncer de mama, principalmente as que já tem casos na família, devem realizar exame clínico das mamas e mamografia todos os anos, a partir dos 35 anos de idade.

[box type=”alert” style=”rounded” border=”full” icon=”http://redefemininaccblu.com.br/wp-content/uploads/2012/09/ico_rfcc_36x23.png”]    Que mulher tem maior risco?[/box]

Aquelas cuja mãe, irmã ou filha tiveram câncer de mama antes da menopausa, câncer de mama bilateral ou câncer de ovário em qualquer idade. Mulheres com um parente homem com câncer de mama e aquelas que tiveram diagnóstico de alterações pré-malignas ou mesmo câncer de mama.

Se o exame de mamas ou mamografia está alterado, a mulher poderá precisar de outros exames:

1. Punção por agulha fina: aspiração realizada pela introdução de agulha fina em nódulo (líquido ou sólido) para exame das células retiradas.
2. Biópsia: É a retirada de uma pequena porção de tecido para confirmação do diagnóstico. Pode ser realizada através de uma pequena cirurgia ou através de um instrumento próprio (pistola de biópsia).

[box type=”alert” style=”rounded” border=”full” icon=”http://redefemininaccblu.com.br/wp-content/uploads/2012/09/ico_rfcc_36x23.png”]    O que a mulher pode fazer para se cuidar?[/box]

Procurar um serviço de saúde regularmente para examinar suas mamas, mesmo que não tenha sintomas. Fazer mamografia pelo menos a cada dois anos a partir dos 50 anos. Ter uma alimentação saudável e equilibrada (frutas, legumes e verduras), praticar atividades físicas (qualquer atividade que movimente o corpo e não fumar. Estas são algumas dicas que podem ajudar na prevenção de várias doenças, inclusive o câncer.

[box type=”alert” size=”large” style=”rounded” icon=”none”]Lembre-se: nem toda alteração é câncer, mas se for, quanto antes diagnosticado e tratado, melhor o resultado e maiores as chances de cura![/box]

Deixe uma resposta